É um recurso extra-judicial de resolução de conflito, utilizado para solucionar ou prevenir situações de litígio ou de impasse na comunicação ou na negociação. É a criação da oportunidade para que as partes discutam questionem e contestem os seus conflitos abertamente, com fins de solução consensual entre eles.

A mediação pode ser

BRASIL PRESTES A PERDER A LIBERDADE DE EXPRESSÃO


“Carece de reconhecimento a patente moral-dupla de alguns Estados (e intelectuais) do Ocidente que, ditos esclarecidamente democráticos e pluralistas, de um lado anuem com as caricaturas de Maomé, mas, por outro lado, condenam as pesquisas acadêmicas que afrontam a moderna religião do Holocausto.”

Polêmicas conexas: a censura às

Terapia Sexual

Ao nos depararmos com os problemas do dia-a-dia, é normal tentarmos resolvê-los, não é? Porém, existem situações da qual não temos conhecimento suficiente para resolver. Por exemplo, se temos um problema na parte elétrica de nossa casa, um problema no dente ou o carro quebrado. São situações que, se não podemos

Pelo direito de nascer feliz!

Em uma das lindas manhãs do mês de junho, o Santo Papa ao conduzir a missa e falar para a multidão sobre casamento e filhos proferiu sabiamente as seguintes palavras: “...mas, no final esses casais chegam à velhice na amargura da iníqua solidão...”.

Em seu discurso, referia-se o Papa aos filhos e a

CAMPANHA DOE SANGUE CONTRA A ALIENAÇÃO PARENTAL

 O projeto consiste em chamar a atenção da sociedade contra este mal que assola nossas crianças, desenvolve assustadoramente o crescimento de famílias monoparentais órfãs de pais vivos, ao passo que aumenta a violência infantil.

 Hoje existe a lei para combater este mal (12.318/10), ocorre que o órgão responsável por validar

O que é a Defensoria Pública do Estado?
A Defensoria Pública é instituição essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a orientação jurídica e a defesa, em todos os graus, dos necessitados (art. 134 da CF/88). Em resumo: o Defensor Público é o defensor dos direitos daquele cidadão que não pode pagar por um advogado.

A pensão alimentícia abrange as “prestações para satisfação das necessidades vitais de quem não pode provê-las por si. Têm por finalidade fornecer a um parente, cônjuge ou companheiro o necessário à subsistência” (DIREITO CIVIL BRASILEIRO, VOLUME 6: DIREITO DE FAMÍLIA. Carlos Roberto Gonçalves – 8ª edição – São Paulo:

A Defensoria Pública em São José do Rio Preto (SP) prepara para este mês um ciclo de mediações envolvendo casos de pedidos de pensões alimentícias e de investigações de paternidade. O objetivo é fazer com que as partes envolvidas nos casos resolvam o conflito de forma mais rápida, por meio de acordos.

A defensora pública Bruna

 

sonflipspancaque.jpg

Advogados de Família