Ajuda sobre como pegar a guarda da minha filha ????

Aqui você encontra pais e profissionais conversando, trocando experiências e dando informações sobre a Guarda Compartilhada e paternidade.

Se você tem alguma dúvida específica sobre questões jurídicas, antes consulte os inúmeros textos no site PaiLegal, no forum LEITURAS SUGERIDAS POR PAIS e em Perguntas Mais Frequentes.

Registre-se para poder escrever esse forum (serviço gratúito).

Moderadores: srvilelabr, dan.ogando, paulohabl

Ajuda sobre como pegar a guarda da minha filha ????

Mensagempor davidmaio » Qua Ago 26, 2009 1:22 am

Olá me chamo David tenho 29 anos moro em vitória-es e sou funcionário público.

Gostaria que os amigos que ja tiveram alguma experiência parecida com minha ou até mesmo algum profissional da area que prticipa do forum possa me ajudar iluminando minha mente.

Vamo lá tive um relacionamento que não deu certo ha 9 anos atrás na epoca a minha parceira ficou gravida e conforme o nosso caso foi caminhando eu tinha minhas dúvidas pois quase não há via e quando via era somente a noite tive 3 vezes por semana e por ai vai. Ou seja agente não tinha nada declarado era assim agente se encontrava transava e pronto cada um pro seu lado.

Na epoca eu intimei ela pra fazer o exame de DNA só que pra minha surpreza ela recusou e isso deu a intender que o filho(a) não era meu então deixei pra lá como na epoca (((eu era meio doido muito rock bebida etc...))) eu deixei as coisas fluirem naturalmente e agora que se passaram 9 anos ela deu entrada no ministério pública de vitória-es requerendo o teste de DNA por um programa que o ministério público faz aqui que se chama (((PATERNIDADE RESPONSÁVEL))).

Tudo bem a mãe me procurou eu dei os meus dados pra ela endereço, nome completo, cepf etc... e resumindo o teste deu positivo quase que 100%.

Na hora eu fiquei feliz e triste ao mesmo tempo porque?
eu não conheçia a minha filha pela idade dela eu não sabia como seria a reação dela quando me conheçesse enfim fi uma aflição danada.

Como eu nunca tinha brigado com a mãe depois da confirmação do DNA eu e ela começamos a converssar a respeito da minha filha.

A mãe me disse muitas coisas sobre a minha filha e também que a minha filha morava com a tia (a tia tem a guarda provisória que por sinal pegou nesse começo de ano) então eu sugeri a ela o seguinte apos alguns encontros meu com a minha filha ela se identificando bem comigo me chamando de pai ou seja me aceitando direitinho eu ia chamar minha filha pra morar comigo então sugeri a mãe que eu ficasse com a guarda definitiva da menina sendo que nesse momento a minha filha quase não ve a mãe e sente muita saudades dela a tia proibe tudo parece uma praga e olha que a tia frequenta a mesma denominação regiliosa que eu heim.
E comigo a mãe sabe será bem diferente ela sabe que tem acesso livre comigo então aceitou na boa.

Pesoal eu to tão feliz porque parece que eu ja crio a menina desde de criança pra vcs terem ideia ela me chamou de Pai me abraçou sem vergonha no nosso segundo enconto gostou de mim pracaramba ja fiz almoço pra ela e tudo tem quase 1 mês que eu a conheçi e agora derrepente a tia proibiu eu de pegar minha filha ela disse que eu so pego a menina com um papel do juiz.

A Tia disse que minha filha está iludida com carro bens materiais disse que eu estou indo muito depressa e um monte de babozera....

Ai eu pergunto ela pode fazer isso mesmo tendo só a guarda provisória??
A tia me disse que foi no conselho tutelar do menor pra ter informação sobre essa atitude dela deu não pegar a menina e la eles disseram que como ela tem a guarda provisória da menina é ela que decide as coisas.

Como a mãe está do meu lado inclusiveu a minha filha ja me perguntou assim. Pai que dia vc vai pegar minha guarda!! eu vejo muita vontade dela sair da casa da tia pq a tia grita com ela bate nela ou seja ela judia da minha filha trata ela como empregada pq coloca ela pra limpar casa como se fosse gente grande.

Ja saiu a certidão nova da minha filha e esta comigo ja tirei uma cópia autenticada mais uma cópia do diario oficial contendo minha nomeação, mais alguns papeis da empresa provando a inclusão da minha filha no meu plano de saúde etc....
Dei pro advogado pra ele fazer um pedido (petição) para juiz de guarda definitiva sendo que a mãe ira assinar a petição e na audiencia tb me passara a guarda pra mim em comum acordo.

Ai eu pergunto aos colegas estou indo pelo caminho certo???
Nesse tempo de transição do processo ate o dia da audiência como eu faço para pegar minha filha pra passar o final de semana comigo onde devo ir para conseguir um documento para eu esfregar na cara da tia da minha filha?? pois se eu quizer so posso ve-la la na casa da tia ou da avó materna sem poder sair com ela pra lugar nenhum.

Quais as chançes que tenho para pegar a guarda da minha filha sendo que tenho casa propria a mais de 20 anos tenho carro plano de saude plano adontologico enfim tenho muito mais condições de cuidar do que a tia não so com amor quanto financeiramente.

Agradeço a paciência dos colegas por lerem meu post e r responderem o mesmo . obrigado a todos.
davidmaio
 
Mensagens: 2
Registrado em: Qua Ago 26, 2009 12:47 am

por » Qua Ago 26, 2009 10:42 am

 

Ajuda sobre como pegar a guarda da minha filha

Mensagempor Elpídio » Qua Ago 26, 2009 10:42 am

Davi,
Eu sou de VV, trabalho em Vix.
Você está no caminho certo, só com uma ação na justiça haverá uma definição da guarda.
Creio que tens a maior probabilidade de ganhar do que a tia, principalmente se mãe é favorável a você.
Se a tia continua negando sua convivência com a filha, vá ao conselho tutelar e se informe, caso digam que ela está certa, cabe a você ir a Vara de Família e pedir uma autorização provisória para continuar saindo com sua filha até o desenrolar da ação principal.
Observemos que, religião realmente não faz as pessoas serem melhores humanitariamente falando. As pessoas entram para igreja mas Deus não entra nelas. Essa proibição da tia em ver a mãe e de muitas outras coisas deve ser também em função da "religião", que na verdade está fazendo muito mal para a criança e pra você.
Dou-lhe meus parabens pelo grande pai que está se revelando, que Deus o mantenha assim.
Espero e tenho quase a convicção de que terás a guarda de sua filha e livrará a criança dessa tia mejera.
Estou com você.
Abraços
Elpídio
Participante Atuante
 
Mensagens: 723
Registrado em: Qua Nov 08, 2006 10:45 am
Localização: Vila Velha E.S.

Mensagempor davidmaio » Qua Ago 26, 2009 12:53 pm

Elpídio obrigado pela sua resposta é isso mesmo que vc falou e cu costumo a dizer que a tia da minha filha é uma crente e não serva de Deus pois com as atitudes que ela toma nem uma pessoa que não frenquenta sequer uma igreja faz o que ela faz.

E inclusive vou pegar a mãe e vou la no conselho tutelar me informar pois a mesma me disse triste que se arrependeu de ter deixado a guarda da nossa filha com a tia vc sabe como é né menina nova teve 3 filhos quase que um atras do outro então fica meio perdida mesmo.

Um forte abraço querido fica com Deus.
davidmaio
 
Mensagens: 2
Registrado em: Qua Ago 26, 2009 12:47 am

Mensagempor Vittória » Qua Ago 26, 2009 5:12 pm

David parabéns pela iniciativa, acho q vc tem muitas chances de conseguir a guarda.
De muito amor pra essa menina, pelo jeito (tia "má", mãe desestruturada e pai desconhecido até os 9 anos) ela esta precisando e muito!
Vittória
Participante Atuante
 
Mensagens: 465
Registrado em: Seg Dez 08, 2008 5:43 pm

Mensagempor silviovik » Qui Ago 27, 2009 1:11 am

Cara, eu consegui a guarda da minha filha então posso te afirmar que você está no caminho certo.
Você precisa estar sempre atento ao fato de que para a justiça o melhor é o bem estar da criança, então o melhor é permitir que o pai tenha a guarda e não uma tia. Mas isso é mais facil falando do que fazendo né?

1º Não entendi bem o que quis dizer com Guarda Provisória? Foi emitido em juizo mesmo ou é só aquele papelzinho do Conselho Tutelar?
Me informe isso em MP pois meu caso foi parecido. A avó ria na minha cara e dizia que tinha uma guarda da menina e eu não podia fazer nada... eu estudei e aprendi muita coisa sobre isso... posso te ajudar muito.

Alguns conselhos básicos (só pra iniciar):
- Procure sempre estar munido de PROVAS.
- Faça tudo para mostrar à justiça de que você quer a menina acima de tudo e que se não o fez antes foi por que não sabia de sua existência. NUNCA mais cite o fato de que já tinha conhecimento dessa paternidade antes, etc... isso poderia criar a falsa ideia que você foi omisso no passado.
- Consiga a ajuda da mãe da criança. Suborne se for preciso. Mas isso seria 90% de chance a seu favor.
- Para matar a última chance da tia ter a guarda... Consiga algo que reprove sua educação: nota vermelha na escola, negligência, etc. Se não encontrar nada deixe que na investigação social isso aparece.
- PROCURE HOJE MESMO um bom advogado (esqueça os gratuitos), e peça a guarda imediata com uma liminar.... não se preocupe pois fatalmente será negada... isso faz parte.
- Pedir direito a visitação é SUPER IMPORTANTE. Faça isso agora mesmo, pois isso mostrará ao juiz que você ama e se importa com ela.

Se quiser 100% de certeza de ganhar essa guarda me procure... Escrevo detalhes em MP.

Pode ficar sossegado, seu caso é até mais fácil do que o meu...
Mas, existem muitos modos de se fazer isso sem esperar uns 3 anos (como é de costume nesse sistema caótico de justiça brasileira).
Não gosto de dar opinião no trabalho dos outros, mas quero saber se seu advogado esta fazendo tudo o que deve mesmo, afinal tem uma criança envolvida, e tempo é tudo o que não se pode perder.

LUTE SEMPRE!
silviovik
 
Mensagens: 5
Registrado em: Seg Ago 24, 2009 4:41 pm

Ajuda sobre como pegar a guarda da minha filha

Mensagempor Elpídio » Ter Set 01, 2009 11:59 am

Respondendo ao Silviovik,
Acho que sua ajuda será muitíssimo importante para ajudar nosso colega conseguir a guarda da filha, que é um mérito dele. Sua experiência conta muito.
Parabens pela boa vontade em ajudar.
Todavia, quero fazer duas ressalvas; 1º-Advogado gratúitos não são sinônimo de má qualidade de serviço, depende muito do caráter profissional de cada um. 2º- Aconselhar alguém a corromper, você pode estar induzindo ao cometimento de infração penal, coisa que poderá levá-lo a problemas sérios. Subornar funcinários da justiça ou de qualquer outro órgão público, é crime. Trabalho como membro de corregedoria e já demitimos funcionários por causa de aceitar suborno e quem subornou respondeu criminalmente.
Haverá maneira de tudo ser resolvido sem ferir a ética, coisa que todos condenam, mas na hora de beneficiar-se, usa-a.
Desculpe, mas não poderia eixar de esclarecer.
Abraços
Elpídio
Participante Atuante
 
Mensagens: 723
Registrado em: Qua Nov 08, 2006 10:45 am
Localização: Vila Velha E.S.

Mensagempor silviovik » Ter Set 01, 2009 5:20 pm

Respondendo ao Elpídio

Tudo é muito lindo no papel, mas advogado gratuito que se esforça ainda estou pra ver no Brasil.

Agora quanto ao termo subornar, não me referi a nenhum membro da justiça e sim à mãe da criança, pois todos querem algo em troca de alguma coisa e se ele precisar trocar favores com a mãe para ter seu apoio, não é ilegal. Pode até ser antí-ético, mas entre a ética e o fato JUSTO e CERTO eu prefiro a segunda opção.

Não recomendo ninguém a tomar providências ilegais, mas recomendo sim fazer acordos com alguns envolvidos visando o melhor para esta criança.

Desculpe caro colega se me expressei mal, tentarei ser mais claro da próxima vez.

Abraços.
silviovik
 
Mensagens: 5
Registrado em: Seg Ago 24, 2009 4:41 pm

Mensagempor drrafaelfeliciojr » Sex Set 04, 2009 2:35 pm

Desculpe, mas os advogados gratuitos (e a defensoria) geralmente realizam um excelente trabalho. O problema é que a demanda é muita e não tem como fazer um trabalho dedicado para cada processo.

Eu deveria ser o primeiro a queimar o filme, já que não trabalho de graça, mas eu digo que é um ótimo serviço.

Quanto à questão do suborno, realmente entendi que você estava se referindo à mãe da criança, mas foi um termo muito forte.

Abraço,
Rafael F. Jr.
Advogado
rafaelfeliciojr@forumjuridico.org
drrafaelfeliciojr
Participante Atuante
 
Mensagens: 77
Registrado em: Qua Jan 28, 2009 5:13 pm

Mensagempor CGuedes » Dom Set 13, 2009 6:30 am

Saudações a todos os membros... Queria expor o meu caso e se possivel contar com um parecer do silviovik sobre a minha situação...

Conheci minha ex-esposa pela internet. Começamos a namorar e com o passar do tempo fui percebendo que ela era agredida fisicamente e moralmente pela própria mãe e pelo padrasto. Comecei a fazê-la refletir sobre diversas situações sobre sua vida e ela começou a questionar as atitudes da mãe, fato que acabou gerando a sua expulsão de casa. Nesse momento passou a morar comigo.. Vivemos juntos 3 anos e tivemos um filho, hj com 1 ano e meio. A relação dela com a mãe sempre foi psicótica e por mais que buscasse apoiá-la, inclusive com terapia, ela acabou abandonando o lar com meu filho e retornando a casa da mãe... O pior de tudo: ainda fazendo fazendo falsa denuncia de agressão contra mim, no intuito de conseguir dinheiro. O fato é que 4 dias após sair de casa, a mãe expulsou ela novamente de casa, deixando-a desemparada. Depois disso deixou meu filho com a minha mãe e hj vive morando de aluguel em quartos, sem residência fixa. A Denúncia de agressão ela fez em conjunto com a mãe e deu como endereço a residência da mãe.

Entrei com uma medida cautelar pedindo a guarda provisória do meu filho, assim como processo de separação e de guarda definitiva. A questão é que por conta da lerdeza do judiciário, ela tomou notícia dos processos e retirou o menino da casa de minha mãe à nossa revelia... Ele está lá porque moro em SP e a minha ex e minha mãe no Rio, mas sou um pai presente e amoroso... Estou esperando a decisão judicial para trazê-lo para perto de mim.. Não o fiz ainda porque tive medo dela dar outra queixa caluniosa de sequestro contra mim... O que devo fazer para documentar que ela retirou a criança que mora regularmente há um ano comigo e minha mãe? Informar ao judiciário que isso foi feito com o intuito de prejudicar os processos? O judiciário não consegue citá-la porque nunca é encontrada.. Já que ela citou o endereço da mãe no processo criminal contra mim, o oficial de justiça poderia citá-la com dia e hora marcados? como poderia fazer para citá-la por edital? Tem como recuperar meu filho antes de sair a Tutela Provisória?
CGuedes
 
Mensagens: 13
Registrado em: Dom Set 13, 2009 4:41 am


Voltar para GRUPO DE DISCUSSÃO

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Google [Bot] e 2 visitantes