Meu filho quer morar comigo!

Aqui você encontra pais e profissionais conversando, trocando experiências e dando informações sobre a Guarda Compartilhada e paternidade.

Se você tem alguma dúvida específica sobre questões jurídicas, antes consulte os inúmeros textos no site PaiLegal, no forum LEITURAS SUGERIDAS POR PAIS e em Perguntas Mais Frequentes.

Registre-se para poder escrever esse forum (serviço gratúito).

Moderadores: srvilelabr, dan.ogando, paulohabl

Meu filho quer morar comigo!

Mensagempor wanderley campos pereira » Qua Dez 12, 2007 2:34 pm

Estou numa situação muito complicada, tenho dosi finlhos um de dez e outro de cinco anos, o mais velho quer vir morar comigo, até já conversou com a mãe, mas ela não aceita de forma alguma, tenho todas as condições possíveis de cuidar dele, já me casei novamente, minha esposa adora meus filhos e vice-versa, e ainda disse se mesmo que ela possa concordar com o mais velho vir morar comigo não abre mão do mais novo, e eu fico sendo cobrado pelo mais velho que quer morar comigo, o que tenho que fazer nesse caso?
Meu filho de dez anos já pode decidir em Juízo com quem morar?
Pelo fato dos meu filhos nunca terem se separado, e no caso do meu mais velho vir morar comigo, posso entrar com o pedidi da guarda do mais novo?
Aguardo respostas, obrigado!
wanderley campos pereira
 
Mensagens: 2
Registrado em: Qua Dez 12, 2007 2:04 pm

por » Qua Dez 12, 2007 4:51 pm

 

Mensagempor fcalassa » Qua Dez 12, 2007 4:51 pm

wanderley campos pereira

Desculpa te perguntar, mas pq ele quer morar com vc? Ele é maltratado pela mãe? Mora em más condições?
Se não, então pra quê solicitar a guarda e separar os irmãos? ele está em uma fase de pré-adolescência, e muitas vezes são resistente à regras, que geralmente são impostas pela mãe. E se acontecer de vc começar a impor essas regras e ele quiser voltar pra casa da mãe? Já pensou nisso??
Se eles nunca se separaram, como vc acha que o mais novo vai reagir em caso da perda do irmão mais velho que serve de referência pra ele?
Pense muito bem antes de tomar uma atitude assim pq é muito desgastante um processo de guarda, tanto para os pais, qto para as crianças.
Flávia
fcalassa
 
Mensagens: 22
Registrado em: Sex Nov 23, 2007 1:56 pm
Localização: Goiânia

Mensagempor wanderley campos pereira » Qui Dez 13, 2007 1:27 am

fcalassa escreveu:wanderley campos pereira

Desculpa te perguntar, mas pq ele quer morar com vc? Ele é maltratado pela mãe? Mora em más condições?
Se não, então pra quê solicitar a guarda e separar os irmãos? ele está em uma fase de pré-adolescência, e muitas vezes são resistente à regras, que geralmente são impostas pela mãe. E se acontecer de vc começar a impor essas regras e ele quiser voltar pra casa da mãe? Já pensou nisso??
Se eles nunca se separaram, como vc acha que o mais novo vai reagir em caso da perda do irmão mais velho que serve de referência pra ele?
Pense muito bem antes de tomar uma atitude assim pq é muito desgastante um processo de guarda, tanto para os pais, qto para as crianças.


Olha é o seguinte, ela não tem tempo pra ficar com eles, ela trabalha a tarde, estuda a noite e só chega em casa por volta de uma da manhã, e eles estudam de manhã, e quando ela sai tanto pra trabalhar ou estudar deixa os dois sozinhos todo esse período, e meus filhos estão muito carentes, eu tentei entrar em um acordo com ela não tem conversa, tanto é que depois que conversei com ela sobre isso ela conversou com meu filho mais velho e fez chantagem emocional com ele dizendo que se ele fosse morar comigo não precisaria voltar mais e ainda disse que iria sumir que ele nunca mair iria ver a mãe, ela em seus dias de folga prefere deixa eles com a mãe dela ou comigo em vez de passar pelo menos um dia com eles, um dia de lazer, descontração.
Respeito sua opnião, mas o fato é que meu filho mais velho quer vir morar comigo porque como ele já me disse se muito bem aqui em casa, pois tem o quarto deles, se dão super bem com a minha esposa, ou seja vivem num ambiente muito familiar, e eu estou sempre próximo deles conversando, brincando, os corrigindo, em fim fazendo de tudo pra que eles cresçam da melhor forma possível.
wanderley campos pereira
 
Mensagens: 2
Registrado em: Qua Dez 12, 2007 2:04 pm

Resposta

Mensagempor MarceloSP » Qui Dez 13, 2007 10:50 pm

Acho interessante as posições da usuária fracalassa, sempre preconceituosas e contrária aos pais. Quer dizer que um filho só prefere o pai se sofrer maus tratos. Por que não simplesmente porque se dá melhor com o pai???????.
Em resposta estou em situação identica e segundo minha advogada somente com 12 a opinião da criança é realmente levada a serio pois consta como adolescente segundo o ECA.
Se servir de conselho continue trabalhando essa idéia afinal são só dois anos, sei que parecem uma eternidade.
MarceloSP
Participante Atuante
 
Mensagens: 582
Registrado em: Dom Ago 06, 2006 7:40 pm

Re: Resposta

Mensagempor robspalermo » Seg Dez 17, 2007 9:53 am

Meu enteado quis morar com o pai aos 10 anos e a mãe permitiu. Hoje está com 17 anos e ainda conosco. Deu muito certo. A minha enteada ficou com a mãe e está bem lá também. Seria bem melhor se você e a mãe decidissem isso sem envolver processo. O menino pode saber que a mãe não quer que ele vá e vão amadurecendo a possibilidade nos próximos anos. O meu enteado começou a pedir para vir aos 8 anos e demoramos 2 anos para finalmente trazê-lo. Beijos, Roberta
Roberta Palermo
robspalermo
Participante Especial
 
Mensagens: 991
Registrado em: Qua Dez 11, 2002 8:49 pm

Mensagempor Lenhador » Seg Dez 17, 2007 10:41 pm

E ae Wanderley,

Em primeiro lugar, deve ser muito bacana ouvir de um filho: pai, quero morar com você.

Quanto a pedir a guarda, você pode pedir a qualquer momento. A guarda, bem como os Alimentos (a pensão), podem ser revistos judicialmente, não são condições "eternas". O objetivo disso é possibilitar modificações necessárias que sejam melhores para OS FILHOS.

Essa situação de separar 2 irmãos pode ser complicada se eles tiverem um vínculo muito forte. Por outro lado pode rolar numa boa se eles entenderem o que está acontecendo. Na minha opinião o "termômetro" disso seria o seu filho mais novo, de 5 anos.

Acredito que seria legal vc pensar em alguns pontos:

- como é a relação entre os irmãos hoje?
- como vc. imaginaria a relação - e reação - deles morando separados?
- como seria a rotina (o dia-a-dia) nesse esquema de filhos em casas separadas?
- você mora próximo da casa da mãe deles?
- qual o nivel de diálogo que vc. tem com a mãe deles (é do tipo parceria em prol dos filhos; do tipo "disputa" para ver quem é o "melhor"; ou não existe diálogo?), etc.

Acredito que entrar numa disputa judicial seria a última opção. Eu bem sei que conversar com a mãe muitas vezes é uma m..., mas pode ser a melhor solução.

Vendo pelo lado positivo, vc mencionou que a mãe até concordaria do seu filho de 10 anos ir, mas que ela quer ficar com o de 5 anos, bom, isso já é um começo, demonstra que ela aparentemente não é tão possessiva, ao contrário de muitos casos que vemos...

De repente, descobrir o porquê dela até concordar de um filho poder morar com você e o outro não, seria o início de um diálogo para vocês encontrarem o melhor esquema para os seus filhos.

Abraços!
Lenhador
Participante Especial
 
Mensagens: 773
Registrado em: Ter Dez 28, 2004 12:10 am
Localização: São Paulo

Mensagempor luiz_mccartney » Qua Dez 19, 2007 12:34 pm

Wanderley, muito legal o que está acontecendo com vc. de seu filho querer morar com vc. Acho que mantendo a calma e sabendo levar a sua ex, vc. pode conseguir mais, tente conversar com calma, acho muito provável que sabendo dialogar, vcs. irão conseguir fazer algo bom e livre de amarras para todos, até pq. o de 5 anos pode vir a sentir falta do irmão, são muitas águas que podem passar embaixo da ponte. Acho q vc. já tem um bom caminho trilhado.
luiz_mccartney
Participante Atuante
 
Mensagens: 137
Registrado em: Ter Dez 28, 2004 12:10 am
Localização: São Paulo - Pirituba

Mensagempor fcalassa » Qui Dez 20, 2007 5:05 pm

MarceloSP

Em relação à minha opinião colocada sobre a criança que quer morar com o pai, mais uma vez, NÃO ESTOU DEFENDENDO E NEM JULGANDO NINGUÉM. Coloquei em letras garrafais pra ver se dessa vez vc irá entender. A minha opinião é apenas querendo preservar sempre a criança, pq como coloquei, um processo de guarda é sempre desgastante, senão para os pais, quem dirá para as crianças.

Se não foi feliz em seu relacionamento e hoje sua ex age de forma deplorável em relação à vc, lamento pela sua experiência, assim como lamento a minha.

Sempre fui uma mulher de muito trabalho e muita determinação. Sempre me dediquei à família e praticamente levantei um homem do nada pra ser alguma coisa. Tudo que construímos, só foi realizado depois do casamento. E sabe o que levei em troca? Simplesmente um "Não gosto mais de vc" após 2 meses de nascimento do segundo filho. Mas nem por isso, deixei de ter fé e de acreditar nas pessoas.

Me cadastrei no site, simplesmente pq vi que há pessoas que se preocupam com o bem estar dos nossos filhos. Em nenhum momento denegri, prejudiquei ou maltratei qq participamente deste fórum. Muito pelo contrário, se for ler todas as mensagens trocadas, vc verá que existe um depoimento meu sobre um pai que, desesperadamente queria a guarda da filha com medo da mesma sofrer de Alienação Parental (da qual fui vítima) e o aconselhei a ir atrás da guarda (Mensagem de André_FR-Enviada: Sex Nov 30, 2007 3:18 pm - Assunto: ALIENAÇÃO PARENTAL).

E sabe o que é preconceituoso?? É ver homens que, no processo judicial, apresentam contra-cheques falsos, rendas absurdamente baixas para não terem que pagar PA, que compram bens e colocam em nomes de terceiros pra não ter que dividir os bens, que só pq a mulher não trabalha fora ela é desprezível ao ponto de acharem que é "melhor dar pra empregada então", como foi colocado por um usuário aqui (manp-Enviada: Ter Dez 11, 2007 6:38 pm Assunto: AJUDA JURÍDICA).

Não me critique em relação às minhas opiniões, pq cada um só sente na pele o que está vivendo. Eu nunca saberei o que vc está passando, assim como vc nunca saberá o que eu passei sozinha em uma cidade desconhecida com 2 crianças pequenas.

Peço desculpas mais uma vez por não ter me feito entendido, ou se caso tenha denegrido algum usuário, mas assim como eu sei que existem milhares de mães iguais a mim, que só querem o bem para seus filhos, sei que tb existem milhares de pais iguais a vc. Então pq não nos unir se queremos o mesmo?? Eu quero que os filhos fiquem com quem der o melhor em termos de carinho, amor, afeto e qq outro bem material, seja ele homem ou mulher.

Se caso tenha Orkut e queira ver como são lindos meus filhotes, me mande uma MP que estarei te passando o endereço e assim, tirarmos as más impressões deixadas desde o início.
Flávia
fcalassa
 
Mensagens: 22
Registrado em: Sex Nov 23, 2007 1:56 pm
Localização: Goiânia

Mensagempor paidomiguel » Dom Dez 23, 2007 11:07 pm

amigo, pense no seguinte:
pelo relatado a mãe é irresponsável!
e em um dos comentarios fora citado que ela prefere deixar as crianças com a vó do que passar o dia de folga com elas.
*dê uma de 007. como ele tem 10anos e para o eca faltam 2anos ára a opinião dele pesar bastante, vai conversando com ele... explica pra ele porque agora é um pouco complicado de pedir pro juiz, e, que ele tem de tomar conta do mais novo, que acredito é o que ele vem fazendo.
*procure reunir provas do desleixo dela: nesse periodo nos dias de folga dela procure tirar fotos das crianças lá...
se possivel tire fotos dela tb aproveitando a folga longe das ciranças...
quando vc entrar com a ação terá: provas do descaso, o peso do pedido do menor e de quebra leva o mais novo de "brinde" porque o mesmo tem como referencia o mais velho.
beleza!
paidomiguel
Participante Atuante
 
Mensagens: 123
Registrado em: Qui Nov 08, 2007 2:01 am
Localização: Rio De Janeiro


Voltar para GRUPO DE DISCUSSÃO

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes

cron